Usina Nardini

Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade

Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade
Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade

Colaboradores aprovam a experiência de Home Office e afirmam aumento de produtividade

Desde o início da pandemia, uma das medidas adotadas pela Nardini, foi diminuir a quantidade de pessoas nas áreas, evitando aglomerações. Uma das formas de realizar isso, no escritório administrativo, foi implantar o sistema de Home Office (escritório em casa), para os colaboradores que tivessem essa possibilidade.
Sendo assim, cada gestor se organizou para que suas equipes se revezassem neste sistema de trabalho, que vem surpreendendo pelos resultados positivos, além de obviamente, resguardar os colaboradores. Outra vantagem bem comentada, é que a concentração em casa é outra e quando o colaborador cria seu próprio espaço, pode até aumentar a produtividade e foco nos trabalhos, conforme comenta o Gerente de T.I Elvis Evangelista. "O principal ponto é fazer de conta que está no trabalho. Eu mantenho a rotina, com os mesmos horários e, inclusive, começo a trabalhar mais cedo. Tento criar um ambiente o mais próximo do trabalho, além de manter um lugar afastado e calmo para realizar minhas atividades.
Para mim o Home Office está sendo um meio de trabalho bem produtivo, por que a concentração está sendo maior", frisou.
Para a Analista Fiscal Jaqueline Terribele o HO é um "mundo" completamente novo. "É uma experiência nova, totalmente diferente do que eu estava acostumada. Nunca imaginei que um dia estaria trabalhando home office. Chega a ser estranho. No fundo acabo me cobrando mais, quero ter mais eficiência. Acredito que o rendimento é bem maior", disse. A Analista de Arrendamento, Graziela de Oliveira concorda com Jaqueline. "A empresa tem estrutura para o trabalho, por meio de sua equipe de T.I., e em casa, a produtividade acaba sendo um pouco melhor".
Sobre esse rendimento, a Analista de Desenvolvimento de Pessoas, Manoela Martins alerta que é preciso haver planejamento. "O HO estabelece uma relação de confiança com o gestor, pois ele não está te vendo, mas sabe que o colaborador está fazendo pelas suas entregas. O trabalho é mais eficaz já que há menos interrupções, consegue um maior foco e rapidez das ações, além disso, traz um aconchego, pois trabalhar em casa te proporciona: acender um incenso, ouvir uma música de fundo, estar ao lado do seu Pet, ou seja, agrega um toque familiar, mas para o HO dar certo a pessoa precisa saber gerir seu próprio tempo, saber priorizar suas atividades, bem como, ser organizada e saber se planejar", afirmou.
O conforto do lar, para a Auxiliar de Geoprocessamento, Tais Ferreira, traz motivação. "Trabalhar em casa tem a vantagem de ser muito mais cômodo, afinal não é preciso se deslocar até a empresa. Além disso, o conforto do ambiente da casa traz mais motivação para trabalhar. Aumenta a produtividade e ajuda a passar mais tempo com a família".
Esta experiência, além de benéfica está fortalecendo o trabalho em equipe, conforme afirma Auxiliar Administrativo da área Comercial, Valéria Vitória. "A maioria dos procedimentos consigo fazer em Home Office, alguns ainda precisamos que seja presencial, mas como estamos revezando, a equipe está se ajudando. Tudo é uma questão de adaptação mesmo, alguns processos inclusive, a gente viu que dá até para manter 100% virtual, mesmo na empresa, pois deu certo. É um momento de descobertas", disse.
Essa realidade também se reflete na área Contábil, de acordo com o Analista Contábil, Jesse Augusto de Jesus. "O Home Office trouxe para mim segurança, flexibilidade, qualidade de vida, economia e conforto. Está sendo uma ótima experiência. A equipe está bastante entrosada e empenhada, usando ferramentas de controle de tarefas e gerenciamento de tempo, fazendo com que a modalidade seja bastante favorável e produtiva. Espero que no pós-pandemia, este meio de trabalho seja uma das alternativas aos colaboradores, tendo em vista a eficácia e benefícios oferecidos", compartilhou.
O Coordenador Fiscal, Wanderlei Marcomini afirmou que além de todo o suporte dado pela T.I da empresa, como o desvio de chamadas do ramal para os celulares corporativos, todas as ferramentas estão à disposição. Para ele, o trabalho remoto não é uma novidade e imagina que o futuro dos escritórios deva ser esse. "Hoje, na Nardini, a experiência acabou sendo forçada em um ambiente hostil de pandemia, mas acredito que estamos nos saindo muito bem com essa experiência de trabalho à distância, e penso que podemos avançar com esse programa no pós-pandemia, com a formalização de regras e uma boa cultura interna. Eu vejo que nossos profissionais têm capacidade emocional e técnica para absorver mais essa habilidade com flexibilidade em suas carreiras profissionais. Eu compro e aposto nessa ideia! ', finalizou.

Sobre o momento atual

COVID-19