Usina Nardini

Mais segurança nas atividades que exigem o uso de marretas na Automotiva

Mais segurança nas atividades que exigem o uso de marretas na Automotiva
Mais segurança nas atividades que exigem o uso de marretas na Automotiva

Mais segurança nas atividades que exigem o uso de marretas na Automotiva

A área de Segurança de Trabalho tem recebido cada vez mais apoio da Gerência da Automotiva para realizar as mudanças que vão trazer melhorias na qualidade da execução e estabilidade nos serviços, garantindo assim, mais segurança nas ações.
No dia 24 de abril foram trocadas algumas marretas consideradas improvisadas no setor, por ferramentas adequadas, com cabos de fibra de vidro, projetadas ergonomicamente para as atividades do setor. "Nosso objetivo é sempre a melhoria contínua, assim, a Segurança do Trabalho, em conjunto com a Gerência e Supervisão Automotiva promovem a cada dia, um trabalho mais seguro e melhor para todos. As Marretas improvisadas foram recolhidas e substituídas por marretas novas, de acordo com o que determinam as normas regulamentadoras", afirmou Rafael Corrêa, Técnico de Segurança do Trabalho.
O Técnico também reforçou que as marretas com cabo de ferro trazem prejuízos físicos a curto e longo prazo para o colaborador. "Além de causarem acidentes por quebras e projeções de partículas, aumentam o risco de dores locais por conta da transferência de vibração, algo que não ocorre com as marretas com cabo de fibra de vidro que foram entregues", finalizou.

Sobre o momento atual

COVID-19