Usina Nardini

Áreas de unem para formação de comitê LGPD

Áreas de unem para formação de comitê LGPD

Áreas de unem para formação de comitê LGPD

Com a transformação digital e tecnológica cada vez mais presente no dia a dia, dentro e fora da empresa, a Nardini já se prepara para as adequações em relação a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei nº 13.709 de 14 de agosto de 2018), que entrará em vigor em agosto deste ano.
Antecipando-se às exigências da lei, a Nardini montou um comitê formado por colaboradores de diversas áreas para estudarem os impactos para a empresa. "Estamos diagnosticando nossas práticas e com isso pretendemos montar um plano de ação para adequação à lei. Para se ter uma ideia, outros países já
colocam em prática medidas de proteção aos dados pessoais. Enquanto país, estamos começando a nos ajustar em relação a isso, que a meu ver é benéfico, pois as pessoas podem ter certeza de que, sem autorização, não se pode divulgar ou comercializar informações de cunho pessoal", explicou o Gerente de T.I, Elvis Evangelista.
A Nardini se enquadra nesta lei por que possui informações pessoais de seus colaboradores. Podem ser consideradas informações de cunho pessoal: data de nascimento, nome, cpf, endereços, habito de consumo, geolocalização, entre outros.
O Comitê é formado por: Ana Carolina Bizari (Jurídico), Carolina Bosso (Jurídico- Matilat), Carlos Benício (Gente e Gestão), Celso Maneguesso (Contabilidade), Elvis Evangelista (T.I), Lucas Garcia (Jurídico) e Wanderlei Marcomini (Fiscal e Tributário).

Sobre o momento atual

COVID-19